Viagem

Como funciona o seguro viagem obrigatório?

Descubra como funciona o seguro viagem obrigatório e quais benefícios ele pode proporcionar enquanto estiver longe de casa.

Provavelmente já deve ter ouvido falar que quando vai viajar precisa fazer um seguro viagem. Muita gente nem sabe o que é esse serviço e como ele funciona, quanto mais a sua obrigatoriedade.

Se está na dúvida sobre como funciona o seguro viagem obrigatório, esse texto pode te ajudar a esclarecer a questão.

Como funciona o seguro viagem obrigatório

A primeira coisa que precisa entender é que o seguro viagem é uma proteção que o viajante contrata para ficar protegido em determinadas situações.

Se ele ficar doente poderá utilizar o seguro viagem mondial para solicitar o reembolso das despesas médicas. No caso da bagagem ser extraviada, o seguro viagem poderá auxiliar na localização. As coberturas variam de acordo com o que foi contratado.

A questão é quando o seguro viagem passa a ser obrigatório. Isso dependerá do seu destino.

Se for viajar dentro do Brasil, na América do Sul, América do Norte, Ásia e África, o seguro será um adicional que poderá ser contratado. Porém, se não quiser aderir ao serviço antes de embarcar não terá problema algum para entrar no destino.

Por outro lado, quem opta por não ter essa proteção, em caso de imprevisto, não terá um suporte para lhe auxiliar e pode precisar desembolsar um bom dinheiro.

Apesar de falar de diferentes locais do mundo, a Europa não foi citada. Isso foi proposital porque os visitantes para entrarem em alguns países precisarão ter um seguro viagem obrigatório.

Os 26 países que fazem parte do Tratado de Schengen permite a livre circulação entre eles sem a necessidade de passar pela imigração.

Se por um lado o viajante possui esse benefício, por outro, precisa contratar um seguro viagem que ofereça cobertura mínima de 30.000 euros para despesas médicas.

Então, antes de fazer a mala é preciso aderir ao serviço, pois dessa forma se precisar de uma assistência médica existe uma garantia de que poderá pagar por ela.

E quando estiver passando pela imigração e for solicitado o seu seguro viagem, terá que apresentar o contrato para provar que o possui.

Para entender um pouco melhor sobre esse assunto, veja o vídeo que separamos.


Depois de saber de todas essas informação acho que já deu para entender um pouco melhor sobre o serviço, então vale a pena cotar em diferentes seguradoras para escolher um que atenda às suas necessidades.

Já sabendo como funciona o seguro viagem obrigatório não passará nenhum aperto enquanto estiver na Europa ou em outro local do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *